terça-feira, 30 de maio de 2017

#oleodericino #tratamentocabelo #hidratação #cabelo #quedacabelo #falandodecabelo #paolocabeleireiro



Óleo de Rícino para Fortalecimento dos Cabelos



Olá pessoal!

Hoje irei tratar do óleo de rícino para fortalecer os cabelos, ele é diferente dos óleos essenciais.
Na postagem anterior, tratei dos óleos essências para a saúde e beleza dos cabelos. Então vamos recordar o que são os óleos essências.

O que são óleos essenciais?

Óleos essenciais são substâncias voláteis extremamente concentradas, que possuem princípios ativos de acordo com suas composições químicas. Dependendo da planta, o óleo essencial terá características diferenciadas de aroma, cor e densidade. Os óleos essenciais podem ser usados diluídos em veículos carreadores sobre a pele, através de massagens, cremes, loções, gel ou puro, através da inalação. Seu objetivo é proporcionar bem estar físico e emocional, já que possui diversos componentes químicos terapêuticos.

Em geral, são necessários muitos quilos de plantas para extrair uma quantidade pequena de óleo essencial. Por exemplo, para extrair 1 litro de óleo de lavanda, são necessários 350kg de flores de lavanda.

Pra que servem os óleos essenciais?

O uso dos óleos essenciais é bastante popular nas áreas farmacêutica, terapêutica e cosmética. A fitoterapia e a aromaterapia devem a sua fama ao uso das substâncias odorantes. Alguns óleos essenciais são muito conhecidos por suas propriedades medicinais: o óleo de cravo-da-índia é um analgésico muito poderoso, bastante utilizado na área dentária; o de lavanda e o de maleleuca serve como antisséptico.

No campo da cosmética, eles servem para perfumar produtos como shampoos, sabonetes, cremes entre outros, e também estão presentes em dose moderada em produtos de cuidados. Os óleos essenciais estão em todos os lugares, até mesmo em detergentes e produtos de limpeza, que recorrem às suas virtudes aromáticas e suavizantes.

Então vamos conhecer o Óleo de Ricino


Óleo de Rícino para Fortalecimento dos Cabelos



Está com os cabelos fracos, quebradiços, danificados, ressecados, caspa ou queda de cabelo? Então que tal experimentar um óleo que pode ajudar muito nesses problemas?

O óleo de rícino é o óleo extraído das sementes da mamona (ricinus communis), uma planta bastante comum em nosso país. A semente da mamona contém entre 40 e 50% de óleo. A semente em si é tóxica, mas o seu óleo, rico em ácido ricinoleico, não é tóxico (já que a ricina não é solúvel em óleo).

A mamona é muito útil devido à ação anti-inflamatórios e antioxidante, tendo diversas aplicações.

O que o Óleo de Rícino Pode Tratar?



Queda de cabelo
Constipação intestinal
Infecções por fungos
Distúrbios menstruais
Problemas gastrointestinais
Queimaduras de sol
Inflamações
A pele também pode ser muito beneficiada com o óleo, já que ele tem efeito emoliente, penetra na pele hidratando-a e estimulando a produção de colágeno e elastina, prevenindo assim, rugas e linhas de expressão. Além disso, trata a  pele seca e dermatites.

Benefícios do Óleo de Rícino para os Cabelos

Fortalece os fios
Combate à queda dos cabelos
Combate a quebra dos fios
Contém vitamina E, minerais e vitaminas que auxiliam no crescimento.
Ativa a circulação no couro cabeludo
Contém propriedades anti-bacterianas e anti-fúngicas
Trata pele seca e coceira no couro cabeludo
Ajuda no tratamento de calvície e alopécia
Diminui caspas (usando na raiz)
Hidrata e recupera os fios profundamente
Encorpa os fios
Sela as cutículas da fibra capilar dando brilho
Ajuda manter a hidratação dentro dos fios (sela)

Óleo de Rícino para Hidratar e Nutrir os Fios

Além de tratar o couro cabeludo, o óleo de rícino condiciona e hidrata os cabelos, prevenindo pontas duplas.

Se você faz o cronograma capilar, na fase de nutrição, você pode colocar uma colher de chá de óleo de rícino e 2 colheres de sopa do seu creme hidratante preferido. Se preferir pode adicionar manteiga de Karité. Misture tudo, passe nos cabelos úmidos lavados apenas com shampoo, deixe agir por 20 ou 30 minutos e enxágue.

Para as pontas duplas, misture o óleo de rícino com óleo de coco. Passe a mistura apenas nas pontinhas dos fios, deixe agir por 2 horas e lave os cabelos normalmente.



Importante: Em consistência, o óleo de rícino é grosso (espesso) e pegajoso; por isso evite passar o óleo puro no comprimento dos fios.

Óleo de Rícino para Queda de Cabelo

O óleo de rícino pode impedir o crescimento de micro-organismos, como bactérias e fungos que podem afetar a saúde do seu couro cabeludo e, assim, ele pode impedir a perda de cabelos.

O óleo de rícino contém muitos compostos naturais altamente benéficos que estimulam o crescimento capilar, e embora não seja uma panaceia contra a calvície, pode ser utilizado como um tratamento coadjuvante para amenizar a perda de cabelo e fazer os cabelos crescerem mais espessos e fortes.

Se a perda de cabelos for devido a  fatores genéticos, o uso de óleo de mamona como um tratamento de queda de cabelo não vai curar o problema. Porém, pode sim ajudar a minimizar a taxa de queda.

Como o óleo de rícino estimula o crescimento capilar?

O óleo de rícino, quando aplicado e massageado diretamente sobre o couro cabeludo, estimula o crescimento de um cabelo forte e saudável, pois ele melhora a circulação sanguínea, o que é vital para estimular o crescimento do cabelo.

Contém ácido graxo omega 6 que estimula o couro cabeludo e folículos pilosos, fortalecendo os fios, de modo que quando eles crescerem, ficarão menos frágeis.


A aplicação não requer nenhum preparo especial: basta utilizar o óleo de rícino diretamente no couro cabeludo, massageando os cabelos por mais ou menos 5 minutos. Após isso, colocar uma touca plástica e deixar o produto agir por algumas horas. Depois lave os cabelos normalmente.

Imagens: Internet e Pinterest
Bibliografia: Manual da Terapia Capilar - Denise Braga - Ed.Senac
Terapia Capilar - Uma abordagem Complementar - Leonardo Wichrowski - 

Nenhum comentário:

Postar um comentário